Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Halloween???

29/10/2013

http://www.alemdaimaginacao.com/Noticias/A%20Historia%20do%20Haloween.html

 

Anúncios

O novo bicho-papão do Fantástico…

17/05/2012

Neomalthusianismo: o novo bicho-papão do Fantástico…

Escrito por Klauber Cristofen Pires | 16 Maio 2012
Media Watch – Outros

Desmistificada a campanha do aquecimento global, o programa Fantástico, da Rede Globo, entra com novo quadro para seguir atemorizando a população, agora com ideias neomalthusianas.

Não constitui nenhum segredo o esforço magistral com que a Rede Globo tentou emplacar a tese do aquecimento global, em notória e estrita fidelidade aos projetos de governança mundial, a cumprir com leal disciplina o seu papel de doutrinadora de massas.

A começar pela divulgação do famoso vídeo de Al Gore, passando por inúmeros programas exibidos em vários horários para difundir a trágica ameaça aquecimentista, pela mobilização de ONG’s de idoneidade discutível, pela apresentação de inserções e vinhetas entre outros programas e culminando especialmente por quadros especiais inaugurados no horário nobre dominical – quem se lembra daqueles programas de gigantescos cubos de carbono? – não há a mais remota chance de esta emissora alegar inocência.

Muito pelo contrário, mesmo diante de respeitáveis opiniões divergentes e de todas as mais relevantes evidências, e ainda, mesmo diante da histórica invasão de hackers que trouxeram ao conhecimento do público vários e-mails da Unidade de Pesquisas Climáticas da Universidade de East Anglia, que faziam parte da comunicação entre influentes cientistas pró-aquecimento global, na qual mostravam claramente a manipulação de dados, a Rede Globo – sempre faço questão de frisar: a despeito de seus pomposamente anunciados “princípios editoriais” – em todas as oportunidades replicou com novas reportagens pretendentes a desmentir os ocorridos e desacreditar os cientistas que já a altura eram pejorativamente alcunhados pelos “aquecimentistas” como “negacionistas”.

Pois, chegado a termo o embuste, selado com chave de ouro pelas últimas declarações do Dr Ricardo Augusto Felício, professor de climatologia da USP, junto à imprensa, em ratificação a anteriores advertências do respeitável Dr. Luís Carlos Molion, nada mais resta da história a não ser identificarmos e gravarmos bem os protagonistas disto que se tornou um verdadeiro crime de estelionato em dimensões mundiais, no mínimo, para vacinarmo-nos contra novas investidas mal-intencionadas.

Ora, dignos leitores, mantenham-se vigilantes, pois novas empulhações já estão sendo anunciadas: refiro-me ao programa do Fantástico intitulado “Planeta Terra: Lotação Esgotada”, a vir ao ar no próximo domingo, dia 20 de maio de 2012, no qual a gigante da TV brasileira visa alimentar nos seus telespectadores o medo da superpopulação do planeta, a partir do requentamento das rechaçadas, rechaçadas e rechaçadas teorias malthusianas e darwinistas, segundo as quais a produção de alimentos não há de acompanhar o crescimento populacional, e que os recursos estão em estado de exaurimento.

Vale a pena reproduzir aqui a síntese, tal como redigida pelos seus responsáveis, seguida dos meus comentários:

Somos 7 bilhões de pessoas. Chegamos ao limite do nosso planeta? Afinal, quantas pessoas a Terra pode suportar? A partir do próximo domingo (20), você vai acompanhar uma investigação que rodou o mundo. Nossos repórteres viajaram pelos cinco países mais populosos da Terra. Eles foram até a África mostrar o continente que mais cresce no mundo e impacto do aumento populacional.

Meu comentário: Só sete bilhões? Por favor, acordem-me quando chegarmos aos setenta! Isto aí não dá nem para encher o estado de São Paulo, mesmo que cada um dos cidadãos morasse em uma mansão. Bom, mas tomando por certo que a África seja o continente de maior crescimento vegetativo, quem disse que ela é o melhor modelo de solução dos problemas da fome, das doenças e da preservação ambiental?

Como podemos alimentar, vestir, fornecer água, energia e moradia para tanta gente? Soluções tecnológicas para gerar energia e produzir mais comida. É possível tirar bilhões de pessoas da miséria sem condenar o ambiente? A luta contra as forças de um planeta maltratado. E os esforços para preservar espécies em extinção. Você vai ver a partir de domingo que vem em uma nova série no Fantástico, “Planeta Terra: Lotação Esgotada”.

A jornalista Sonia Bridi visita os países mais populosos do mundo – China, Índia, Indonésia, Estados Unidos, além do Brasil – e viaja pela África, o continente que mais cresce, para mostrar o que precisa mudar e também algumas soluções sustentáveis que já foram encontradas para preservar espécies em extinção e gerar energia ou mais comida, sem maltratar a natureza.

Meu comentário: que tal a sociedade livre capitalista, sem intervenções estatais? Uma dica: façam um passeio de foguete – ou acessem o Google Earth, que é bem mais barato – e constatem que os países industrializados possuem uma cobertura vegetal bem mais preservada do que os pertencentes ao bloco comunista ou recém-saídos dele, bem como os do primitivo terceiro mundo. A área coberta dos EUA hoje é maior do que no tempo da colonização. Nunca a produção de alimentos foi tão grande – e continua crescendo!

O primeiro episódio da série apresenta soluções encontradas pela China e pelos moradores de Ruanda para garantir o desenvolvimento sustentável das populações. A repórter mostra como os chineses fizeram para controlar o crescimento populacional do país com a política do filho único e, na África, conta a história de Ruanda. O país africano passou por um genocídio étnico em 1994 e conseguiu dar a volta por cima e recuperar a qualidade de vida de seus moradores após o massacre. Através da preservação dos gorilas da Montanha dos Gorilas e do turismo estrangeiro gerado pelo interesse nos animais, eles geram hoje recursos que garantem a sobrevivência da população local.

Proibir as famílias de gerarem um segundo filho e executar a laqueadura forçada das trompas nas mulheres é a solução? Pois saibam que a China enfrenta sim, hoje, um gravíssimo problema de ordem previdenciária, pois a política de filhos únicos provocou uma inversão da pirâmide etária que está para gerar grandes transtornos econômicos de repercussões mundiais. Quanto a Ruanda… abrir zôos é a solução? Aff…

Como se poderá ver, já no primeiro episódio o argumento se pauta pelo controle limitador da população, a legitimar as pesadas campanhas contraceptiva, abortista, eutanasista e gayzista que já estamos faceando em larga escala pelos meios de comunicação.

Jamais na história Thomas Malthus e Charles Darwin deram uma dentro, a não ser olhando para o passado ou tomando como modelo a tenebrosa vida dos animais irracionais na natureza. A liberdade dos seres humanos sempre estimulou a criatividade, com resultados cada vez mais fantásticos de produtividade na produção de alimentos, geração de energia, educação, comunicação, vestuário, transporte, medicina e todos os outros âmbitos da vida material.

A grotesca proposta sociológica – estudar a população para manipulá-la como um um terno jogo de lego – não passa de arrogante cientificismo que se jacta do alto de sua soberba ignorância e magnificentíssima insignificância a fim de pretender ocupar um lugar que jamais será seu por direito: o trono de Deus.

Aqueles que pregam as teorias malthusianas e darwinistas – que não são outros que não os coletivistas socialistas – somente têm em mente construir os seus mirabolantes planos para dominar a sociedade com o fito de viver nababescamente às custas do trabalho dos demais. Como diz o ditado popular: “enquanto houver cavalo, São Jorge não anda a pé”. Quem quer carregar estes tipos nas costas?

Fonte : http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/outros/13063-neomalthusianismo-o-novo-bicho-papao-do-fantastico-.html

Fema no Fantastico apartir de 20/05

17/05/2012

Sônia Bridi apresenta ”Planeta Terra, Lotação Esgotada”

SÃO LUÍS – A população mundial chegou à marca de sete bilhões de pessoas. Será que estamos no limite do planeta? Como é possível alimentar, vestir, fornecer água, energia e moradia para tanta gente sem comprometer o futuro do meio ambiente? São essas questões que a nova série do Fantástico pretende discutir, a partir do próximo domingo (20). O especial “Planeta Terra, Lotação Esgotada”, que conta com cinco episódios, adianta a reflexão sobre os principais temas que serão discutidos, em junho, na Rio+20 – conferência da ONU que reúne líderes do mundo todo para debater meios de transformar a Terra em um lugar melhor para se viver.

A jornalista Sonia Bridi visita os países mais populosos do mundo – China, Índia, Indonésia, Estados Unidos, além do Brasil – e viaja pela África, o continente que mais cresce, para mostrar o que precisa mudar e, também, algumas soluções sustentáveis que já foram encontradas para preservar espécies em extinção e gerar energia ou mais comida, sem maltratar a natureza.

O primeiro episódio da série apresenta soluções encontradas pela China e pelos moradores de Ruanda para garantir o desenvolvimento sustentável das populações. A repórter mostra como os chineses fizeram para controlar o crescimento populacional do país com a política do filho único e, na África, conta a história de Ruanda. O país africano passou por um genocídio étnico em 1994 e conseguiu dar a volta por cima e recuperar a qualidade de vida de seus moradores após o massacre. Através da preservação dos gorilas da Montanha dos Gorilas e do turismo estrangeiro gerado pelo interesse nos animais, eles geram hoje recursos que garantem a sobrevivência da população local.

A série “Planeta Terra, Lotação Esgotada” estreia neste domingo, no Fantástico. O programa vai ao ar logo após o Domingão do Faustão.

Fonte : http://imirante.globo.com/namira/noticias/2012/05/15/pagina308425.shtml

Fonte : http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1680313-15605,00-PLANETA+TERRA+LOTACAO+ESGOTADA+DISCUTE+IMPACTO+DO+CRESCIMENTO+POPULACIONAL.html

Fogo, Enxofre, Trízimo e Muletas Espirituais…

19/05/2010

Saindo a francesa ? Carrão de R$300 mil ? avião a jato de R$20.800.000,00 ???

18/05/2010

Fontes: http://www.genizahvirtual.com

Mais uma criança vítima da 2a dose da vacina H1N1…

18/05/2010

Mais uma morte ocorrida após a vacinação que provavelmente passará em branco como todas as outras.

A criança de 1 ano e 10 meses, Francisco Jailson, do município de Raposa, no Maranhão, após tomar a segunda dose da vacina H1N1, passou a ter febre alta, vômitos e falta de apetite. Ele chegou a ser internado na maternidade local e também no Hospital da Criança, em São Luis, e morreu na tarde de domingo. No IML deram como motivo da morte “causa desconhecida”.

Pode-se ver estampado no rosto da coordenadora de vacinação, Jaqueline Rios, o nervosismo ao tentar defender a segurança da vacina. Ela diz ter ido ao município “colher dados para o caso”. Eu diria que ela foi ao município para abafar o caso e se certificar de que nenhum médico ou legista iria dar como causa da morte a vacina H1N1.

Ela ainda tenta dizer que até agora nunca foi comprovado o óbito pela vacina. Mas claro, com toda esta máquina governamental para se certificar que os efeitos adversos resultantes em mortes , abortos e sequelas graves nunca terão ligação com a vacina. sempre poderão alegar que nunca existiu nenhum caso que prove que a vacina causou a morte. Nós já reportamos aqui que este não é o caso, que nos EUA, 66 mortes haviam sido reportadas até algumas semanas atrás.

O mais incrível foi que não consegui achar NENHUMA informação em nenhum jornal no Brasil. Se alguém encontrar, por favor, deixe um comentário.

A mãe diz não ter dúvidas que a morte do filho foi causada pela vacina, que foi só ele tomar a vacina que ele adoeceu.

Veja a reportagem do SBT no vídeo abaixo:

Fonte: anovaordemmundial.com
Fonte: sbt Maranhão
Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/ms-nenhum-efeito-adverso-veja-verdade.html

Sei lá….sei lá…

29/04/2010

X37B – “PGS – Prompt Global Strike (Ataque Global Imediato)”…

27/04/2010

Espaçonave secreta do pentágono pode levar novas armas com alcance global

Posted: 26 Apr 2010 05:25 PM PDT

A misteriosa espaçonave X37B foi lançada na órbita da terra na quinta passada ao espaço em meio a muito mistério, causando temores de um reinício uma corrida armamentista espacial e de que esteja levando consigo o novo míssil super-rápido chamado de “Prompt Global Strike” (PGS), ou “Ataque Global Imediato”, em tradução livre.

A nova nave é tão confidencial que o Pentágono não irá nem divulgar sua missão nem quanto foi o orçamento para construí-la. A nave parece como uma versão mini da Space Shuttle, nave americana utilizada para levar astronautas ao espaço.

O X37B pode ficar em órbita por até 270 dias, enquanto as missões da Space Shuttle duram no máximo 16 dias.Isto permitira aos EUA realizarem experimentos por longos períodos, incluindo o teste de novas armas de laser. De acordo com o jornal britânico Times Online, isto gerará acusações de que o lançamento do X37B, e de um segundo veículo espacial programado para ser lançado mais tarde neste ano, levarão a militarização do espaço.

PGS – Prompt Global Strike (Ataque Global Imediato)

O míssil super-rápido PGS, que ganhou apoio do digníssimo premio Nobel presidente Obama, pode atingir velocidade Mach 5, por volta de 5.793 quilômetros por hora. A nova arma pode ser lançada do ar, terra ou mar, e poderia atingir qualquer lugar no planeta em menos de uma hora.

O general Yuri Baluyevsky, vice-secretário do Conselho de Segurança Nacional russo, queixou-se que as concessões americanas nas negociações de redução de armas nucleares não foram por causa do amor a paz americano, mas porque “eles podem lhe matar usando armas convencionais de alta precisão”.

O general Kevin Chilton, comandante da força aérea americana de supervisão do programa PGS, disse ao The New York Times que as opções atuais do Pentágono não são rápidas o suficiente.

“Hoje podemos apresentar algumas opções convencionais para o presidente atacar um alvo em qualquer lugar do globo, que vão desde 96 horas até talvez quatro, cinco ou seis horas”, disse. “Se o presidente quiser agir mais rápido do que isso, a única coisa que temos que vai mais rápido é uma resposta nuclear.”

Os esforços de Obama para apaziguar Moscou e Pequim têm sido muito criticados. Dean Cheng, um especialista chines da conservadora Heritage Foundation, acusou o governo americano de “uma política estrategicamente incoerente, que é ostensivamente destinada a tranquilizar as outras nações, mas que mais provavelmente conduzirá a uma maior instabilidade e incerteza”.

Cheng acrescentou: “Este não é o caminho para um outro prêmio Nobel da paz.”

Fontes:
Times On-line: Hyperfast missile to hit anywhere in an hour

http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/us_and_americas/article7107179.ece

TImes On-Line: Launch of secret US space ship masks even more secret launch of new weapon

China Daily: US spacecraft sparks arms race concerns

http://www.chinadaily.com.cn/world/2010-04/24/content_9770149.htm

Fonte :

http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/espaconave-secreta-do-pentagono-pode.html

Pastores voadores…

16/03/2010

REVISTA CRISTIANISMO HOJE
Carlos Fernandes

Dizem que um homem pode ser medido pela grandiosidade dos seus sonhos. Se é mesmo assim, um seleto grupo de ministros do Evangelho anda sonhando alto – literalmente. Desde o ano passado, diversos pastores brasileiros andam cruzando os céus em aviões próprios, um luxo antes somente reservado a altos executivos, atletas milionários e sheiks do petróleo. A justificativa para as aquisições, algumas na faixa das dezenas de milhões de dólares, é quase sempre a mesma: a necessidade de maior autonomia e disponibilidade para realizar a obra de Deus, o que, no caso dos grandes líderes, demanda constantes deslocamentos pelo país e exterior a fim de dar conta de pregações e participações em palestras e eventos de todo tipo. Eles realmente estão voando alto.

O empresário e bispo Edir Macedo, dirigente da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) tem feito a ponte aérea Brasil – Estados Unidos a bordo de um confortável Global Express, avaliado no mercado aeronáutico por US$ 50 milhões (cerca de R$ 85 milhões). Para comparar, o preço é semelhante ao do Rafale, o caça-bombardeiro francês que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sonha comprar para as Forças Armadas brasileiras. Equipado com sala de estar, dois banheiros, minibar e lavabo, além de um confortável sofá, o jato permite deslocamentos dos mais confortáveis até os EUA, onde Macedo mantém residência, e tem autonomia suficiente para levá-lo à Europa ou à África. O Global, adquirido em setembro numa troca por um modelo mais antigo, veio juntar-se à frota da Alliance Jet, empresa integrada ao grupo Universal e que já possuía um Falcon 2000 e um Citation X, juntos avaliados em 40 milhões de dólares.

Edir Macedo justifica o uso de aviões particulares dizendo que precisa levar a Palavra de Deus pelas nações onde a igreja atua, que já são mais de 120, e também para evitar transtornos aos passageiros dos aviões comerciais, pois sua pessoa costuma atrair muita atenção da mídia. Pode haver também outros motivos. Foi em voos particulares que a Polícia Federal descobriu, em 2005, que deputados e empresários ligados à Iurd transportavam dinheiro em espécie, no episódio que ficou conhecido como o caso das malas. Os valores, explicou a igreja na época, teriam sido arrecadados nos cultos e eram transportados dessa maneira por questão de segurança e praticidade até São Paulo e Rio de Janeiro, onde a denominação tem sua administração.

Já o missionário R.R.Soares, mais discreto, não fez alarde da aquisição do turboélice King Air 350, em novembro, fato noticiado pela revista Veja. Avaliado em cerca de R$ 9 milhões, a aeronave transporta oito passageiros. Como tem uma agenda das mais apertadas, Soares viaja praticamente toda semana pelos mais de mil templos que sua Igreja Internacional da Graça de Deus tem no país, além de realizar cruzadas, gravar programas diários para a TV e atender a compromissos da gravadora Graça Music e da Graça Editorial, que também controla. Ele realmente tem pensado alto: a igreja mantém ainda uma parceria com a empresa de aviação Ocean Air, através da qual um percentual sobre cada passagem comprada por um membro da Graça reverte para a denominação.

“Conquista” – O que chama a atenção no aeroclube dos pastores são as justificativas espirituais para a compra das aeronaves. Renê Terra Nova, apóstolo do Ministério Internacional da Restauração em Manaus (AM) e um dos grandes divulgadores do movimento G12 no Brasil, conta que o seu Falcon é fruto de profecias de grandes homens de Deus como o pastor e conferencista americano Mike Murdock. Em abril de 2009, durante um evento em que ambos estavam, Murdock incentivou uma campanha de doações a fim de que Terra Nova pudesse realizar seu “sonho”. Após chamar Terra Nova à frente, ele mesmo anunciou que ofertaria R$ 10 mil reais, atitude logo seguida por dezenas de pessoas. O avião foi comprado em julho. Dizendo-se “constrangido” com a atitude, Terra Nova admitiu que aquele era seu desejo e que se submetia ao que considerava a vontade de Deus. “O Senhor é testemunha que este avião não é para vaidade, mas para estimular outros ministérios a que também tenham aviões e, juntos, possamos voar para as nações da terra, pregando o evangelho de Jesus. Assim está estabelecido”, diz o líder em seu site.

“Conquista” e “resultado da fé” também foram as expressões usadas pelo pastor Samuel Câmara, da Assembleia de Deus de São José dos Campos (SP), para comemorar a compra de seu King Air C90, de quatro lugares. O religioso, que durante anos liderou a Assembleia de Deus em Belém (PA) – onde montou a Rede Boas Novas, conglomerado de rádio e TV que cobre vinte estados brasileiros –, se diz muito grato a Deus pela bênção, avaliada em R$ 8,5 milhões. Ele espera juntar-se a outros líderes para montar “uma esquadrilha de aviões para tocar o mundo todo”.

Mas a aquisição aérea que mais chamou a atenção, dentro e fora do meio evangélico, foi concretizada pelo famoso pastor e apresentador de TV Silas Malafaia, da Assembleia de Deus da Penha, no Rio. Possuir uma aeronave própria era um objetivo anunciado pelo líder já há algum tempo, inclusive em seu programa Vitória em Cristo, um dos campeões de audiência na telinha evangélica. Além dos insistentes pedidos por ofertas para manter-se no ar, Malafaia constantemente tocava no assunto avião em suas falas. O empurrão que faltava foi dado pelo pastor americano Morris Cerullo, outro profeta da prosperidade proprietário de um luxuoso Gulstream G4. Num dos programas, levado ao ar em agosto, Cerullo admoestou os telespectadores a desafiar a crise global e participar de uma campanha de doações ao colega brasileiro – um chamado “desafio profético”, no valor de 900 reais, estipulado graças a uma curiosa aritmética que associava a cifra ao ano de 2009.

Aparentemente surpreso, Silas Malafaia assentiu com o pedido. Não se sabe quanto foi arrecadado a partir dali, mas o fato é que em dezembro o pastor anunciou que o negócio foi fechado por cerca de US$ 12 milhões, cerca de 19 milhões de reais. Trata-se de um jato executivo modelo Cessna com pouco uso. Um “negócio espetacular”, na descrição do próprio. Bastante combatido pela maneira ostensiva com que pede ofertas para seu ministério, o pastor Malafaia, que dirige também a Editora Central Gospel, recorre à consagrada oratória para se defender: “Quem critica não faz nada. Você conhece alguma coisa que algum crítico construiu? Crítico é um recalcado com o sucesso da obra alheia.”

FONTE : http://www.genizahvirtual.com/2010/03/pastores-voadores.html