Archive for the ‘Artigos’ Category

Halloween???

29/10/2013

http://www.alemdaimaginacao.com/Noticias/A%20Historia%20do%20Haloween.html

 

Anúncios

O novo bicho-papão do Fantástico…

17/05/2012

Neomalthusianismo: o novo bicho-papão do Fantástico…

Escrito por Klauber Cristofen Pires | 16 Maio 2012
Media Watch – Outros

Desmistificada a campanha do aquecimento global, o programa Fantástico, da Rede Globo, entra com novo quadro para seguir atemorizando a população, agora com ideias neomalthusianas.

Não constitui nenhum segredo o esforço magistral com que a Rede Globo tentou emplacar a tese do aquecimento global, em notória e estrita fidelidade aos projetos de governança mundial, a cumprir com leal disciplina o seu papel de doutrinadora de massas.

A começar pela divulgação do famoso vídeo de Al Gore, passando por inúmeros programas exibidos em vários horários para difundir a trágica ameaça aquecimentista, pela mobilização de ONG’s de idoneidade discutível, pela apresentação de inserções e vinhetas entre outros programas e culminando especialmente por quadros especiais inaugurados no horário nobre dominical – quem se lembra daqueles programas de gigantescos cubos de carbono? – não há a mais remota chance de esta emissora alegar inocência.

Muito pelo contrário, mesmo diante de respeitáveis opiniões divergentes e de todas as mais relevantes evidências, e ainda, mesmo diante da histórica invasão de hackers que trouxeram ao conhecimento do público vários e-mails da Unidade de Pesquisas Climáticas da Universidade de East Anglia, que faziam parte da comunicação entre influentes cientistas pró-aquecimento global, na qual mostravam claramente a manipulação de dados, a Rede Globo – sempre faço questão de frisar: a despeito de seus pomposamente anunciados “princípios editoriais” – em todas as oportunidades replicou com novas reportagens pretendentes a desmentir os ocorridos e desacreditar os cientistas que já a altura eram pejorativamente alcunhados pelos “aquecimentistas” como “negacionistas”.

Pois, chegado a termo o embuste, selado com chave de ouro pelas últimas declarações do Dr Ricardo Augusto Felício, professor de climatologia da USP, junto à imprensa, em ratificação a anteriores advertências do respeitável Dr. Luís Carlos Molion, nada mais resta da história a não ser identificarmos e gravarmos bem os protagonistas disto que se tornou um verdadeiro crime de estelionato em dimensões mundiais, no mínimo, para vacinarmo-nos contra novas investidas mal-intencionadas.

Ora, dignos leitores, mantenham-se vigilantes, pois novas empulhações já estão sendo anunciadas: refiro-me ao programa do Fantástico intitulado “Planeta Terra: Lotação Esgotada”, a vir ao ar no próximo domingo, dia 20 de maio de 2012, no qual a gigante da TV brasileira visa alimentar nos seus telespectadores o medo da superpopulação do planeta, a partir do requentamento das rechaçadas, rechaçadas e rechaçadas teorias malthusianas e darwinistas, segundo as quais a produção de alimentos não há de acompanhar o crescimento populacional, e que os recursos estão em estado de exaurimento.

Vale a pena reproduzir aqui a síntese, tal como redigida pelos seus responsáveis, seguida dos meus comentários:

Somos 7 bilhões de pessoas. Chegamos ao limite do nosso planeta? Afinal, quantas pessoas a Terra pode suportar? A partir do próximo domingo (20), você vai acompanhar uma investigação que rodou o mundo. Nossos repórteres viajaram pelos cinco países mais populosos da Terra. Eles foram até a África mostrar o continente que mais cresce no mundo e impacto do aumento populacional.

Meu comentário: Só sete bilhões? Por favor, acordem-me quando chegarmos aos setenta! Isto aí não dá nem para encher o estado de São Paulo, mesmo que cada um dos cidadãos morasse em uma mansão. Bom, mas tomando por certo que a África seja o continente de maior crescimento vegetativo, quem disse que ela é o melhor modelo de solução dos problemas da fome, das doenças e da preservação ambiental?

Como podemos alimentar, vestir, fornecer água, energia e moradia para tanta gente? Soluções tecnológicas para gerar energia e produzir mais comida. É possível tirar bilhões de pessoas da miséria sem condenar o ambiente? A luta contra as forças de um planeta maltratado. E os esforços para preservar espécies em extinção. Você vai ver a partir de domingo que vem em uma nova série no Fantástico, “Planeta Terra: Lotação Esgotada”.

A jornalista Sonia Bridi visita os países mais populosos do mundo – China, Índia, Indonésia, Estados Unidos, além do Brasil – e viaja pela África, o continente que mais cresce, para mostrar o que precisa mudar e também algumas soluções sustentáveis que já foram encontradas para preservar espécies em extinção e gerar energia ou mais comida, sem maltratar a natureza.

Meu comentário: que tal a sociedade livre capitalista, sem intervenções estatais? Uma dica: façam um passeio de foguete – ou acessem o Google Earth, que é bem mais barato – e constatem que os países industrializados possuem uma cobertura vegetal bem mais preservada do que os pertencentes ao bloco comunista ou recém-saídos dele, bem como os do primitivo terceiro mundo. A área coberta dos EUA hoje é maior do que no tempo da colonização. Nunca a produção de alimentos foi tão grande – e continua crescendo!

O primeiro episódio da série apresenta soluções encontradas pela China e pelos moradores de Ruanda para garantir o desenvolvimento sustentável das populações. A repórter mostra como os chineses fizeram para controlar o crescimento populacional do país com a política do filho único e, na África, conta a história de Ruanda. O país africano passou por um genocídio étnico em 1994 e conseguiu dar a volta por cima e recuperar a qualidade de vida de seus moradores após o massacre. Através da preservação dos gorilas da Montanha dos Gorilas e do turismo estrangeiro gerado pelo interesse nos animais, eles geram hoje recursos que garantem a sobrevivência da população local.

Proibir as famílias de gerarem um segundo filho e executar a laqueadura forçada das trompas nas mulheres é a solução? Pois saibam que a China enfrenta sim, hoje, um gravíssimo problema de ordem previdenciária, pois a política de filhos únicos provocou uma inversão da pirâmide etária que está para gerar grandes transtornos econômicos de repercussões mundiais. Quanto a Ruanda… abrir zôos é a solução? Aff…

Como se poderá ver, já no primeiro episódio o argumento se pauta pelo controle limitador da população, a legitimar as pesadas campanhas contraceptiva, abortista, eutanasista e gayzista que já estamos faceando em larga escala pelos meios de comunicação.

Jamais na história Thomas Malthus e Charles Darwin deram uma dentro, a não ser olhando para o passado ou tomando como modelo a tenebrosa vida dos animais irracionais na natureza. A liberdade dos seres humanos sempre estimulou a criatividade, com resultados cada vez mais fantásticos de produtividade na produção de alimentos, geração de energia, educação, comunicação, vestuário, transporte, medicina e todos os outros âmbitos da vida material.

A grotesca proposta sociológica – estudar a população para manipulá-la como um um terno jogo de lego – não passa de arrogante cientificismo que se jacta do alto de sua soberba ignorância e magnificentíssima insignificância a fim de pretender ocupar um lugar que jamais será seu por direito: o trono de Deus.

Aqueles que pregam as teorias malthusianas e darwinistas – que não são outros que não os coletivistas socialistas – somente têm em mente construir os seus mirabolantes planos para dominar a sociedade com o fito de viver nababescamente às custas do trabalho dos demais. Como diz o ditado popular: “enquanto houver cavalo, São Jorge não anda a pé”. Quem quer carregar estes tipos nas costas?

Fonte : http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/outros/13063-neomalthusianismo-o-novo-bicho-papao-do-fantastico-.html

Fema no Fantastico apartir de 20/05

17/05/2012

Sônia Bridi apresenta ”Planeta Terra, Lotação Esgotada”

SÃO LUÍS – A população mundial chegou à marca de sete bilhões de pessoas. Será que estamos no limite do planeta? Como é possível alimentar, vestir, fornecer água, energia e moradia para tanta gente sem comprometer o futuro do meio ambiente? São essas questões que a nova série do Fantástico pretende discutir, a partir do próximo domingo (20). O especial “Planeta Terra, Lotação Esgotada”, que conta com cinco episódios, adianta a reflexão sobre os principais temas que serão discutidos, em junho, na Rio+20 – conferência da ONU que reúne líderes do mundo todo para debater meios de transformar a Terra em um lugar melhor para se viver.

A jornalista Sonia Bridi visita os países mais populosos do mundo – China, Índia, Indonésia, Estados Unidos, além do Brasil – e viaja pela África, o continente que mais cresce, para mostrar o que precisa mudar e, também, algumas soluções sustentáveis que já foram encontradas para preservar espécies em extinção e gerar energia ou mais comida, sem maltratar a natureza.

O primeiro episódio da série apresenta soluções encontradas pela China e pelos moradores de Ruanda para garantir o desenvolvimento sustentável das populações. A repórter mostra como os chineses fizeram para controlar o crescimento populacional do país com a política do filho único e, na África, conta a história de Ruanda. O país africano passou por um genocídio étnico em 1994 e conseguiu dar a volta por cima e recuperar a qualidade de vida de seus moradores após o massacre. Através da preservação dos gorilas da Montanha dos Gorilas e do turismo estrangeiro gerado pelo interesse nos animais, eles geram hoje recursos que garantem a sobrevivência da população local.

A série “Planeta Terra, Lotação Esgotada” estreia neste domingo, no Fantástico. O programa vai ao ar logo após o Domingão do Faustão.

Fonte : http://imirante.globo.com/namira/noticias/2012/05/15/pagina308425.shtml

Fonte : http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1680313-15605,00-PLANETA+TERRA+LOTACAO+ESGOTADA+DISCUTE+IMPACTO+DO+CRESCIMENTO+POPULACIONAL.html

Jabulani ???

15/07/2010

Muito se tem comentado atualmente sobre a Copa do Mundo na África do Sul, todo o seu encanto e a possibilidade de suas seleções favoritas (dos seus respectivos países) serem campeões sobre todos os demais times, numa festividade que envolve emoção, paixão e alegria durante muitos anos. Infelizmente, foi embora o tempo em que a ingenunidade era o real motivo do diverssão e o intento principal de uma realização, fosse de qualquer natureza. Não amigos, hoje em dia,
tem muita gente que – misericórdia, meus Deus,- só pensa apenas em como prejudicar os outros e declinar o mundo para pior. Verdade seja dita.

O NOME DA BOLA:
A versão da Adidas, criadora da bola:
“A bola possui 11 cores diferentes, cada uma representando os dialetos e etnias diferentes da África do Sul. O nome da bola signifca “Celebrar”, em isiZulu. Jabulani é uma palavra da língua Bantu isiZulu, um dos 11 idiomas oficiais da África do Sul. A bola da Copa 2010 tem apenas oito gomos em formato 3D”.

Bom, antes fosse isto mesmo, porém, infelizmente, uma pesquisa mais detalhada, nos revela um pouco mais, sobre o este nome inusitado para um bola, um símbolo que vem representar a união e a possiblidade, ainda que recreativa e esportiva de todos os povos.

Jabulani, do original Jabulon:
Esse nome da bola não é por acaso. Ele se refere a designação de um deus pagão, arquitetado pela maçonaria. Obviamente, as organizações responsáveis realização da Copa do Mundo, começando pela Adidas, criadora do artefato, não deixaria de maneira tão evidente que real representação e significado do nome da bola.
Assim explica a Maçonaria, o que significa o nome Jabuloni:

“A Maçonaria reconhece que há diferenças na descrição do deus de cada religião, por isto há grande confusão de conceitos para se definir quem é o deus da Maçonaria, alegando que o problema está mais na falta de espiritualidade do homem que no nome de Deus em si. No grau do Real Arco do Rito de York, o maçom passa a afirmar que o verdadeiro nome de Deus é Jabulon. Cada sílaba da palavra Jabulon representa um deus, … é uma associação de Javeh, Baal ou Bel e Om (Osíris, o deus-sol do Egito).
“11 cores e 11 idiomas”. Não pense que também é à toa que a bola do mundo tem estas peculiaridades. Isto simplesmente remete à uma grande simbologia ocultista: 11 é o número iluminista (Illluminati)
“Os Illuminati sempre deixam alguma assinatura ocultista quando realizam um evento que tenha o objetivo de levar o mundo ao reinado do Anticristo, a Nova Ordem Mundial. Já que esse reinado é declarado astrologicamente como a Era de Aquário, o número 11 é sagrado para ele”, explica o site Espada do Espírito.

Consegues compreender melhor agora?

Eles criaram uma bola com um nome e significados aparentemente ingênuos e universais, mas, que no entanto, a universalidade desta, resume-se no maldito nome e números que englobam ocultismo e as iniciais de nomes de deuses pagãos, ou por que não dizer demônios?

Alguns poderão se perguntar: Qual o verdadeiro intento. O que querem com tudo isto?

Bem, organizações governamentais e outras em âmbito internacional, estão unidas sigilosamente e tem trabalhado a fim de promover uma denominada Nova Ordem Mundial, isto, acreditem ou não, preparando a todos os povos para o novo governo Mundial e a ascensão do Anticristo. [Quem viver verá…]

[…]

Fonte: Blog Amando de Deus

http://fimdostempos.net/jabulani.html

Mais uma criança vítima da 2a dose da vacina H1N1…

18/05/2010

Mais uma morte ocorrida após a vacinação que provavelmente passará em branco como todas as outras.

A criança de 1 ano e 10 meses, Francisco Jailson, do município de Raposa, no Maranhão, após tomar a segunda dose da vacina H1N1, passou a ter febre alta, vômitos e falta de apetite. Ele chegou a ser internado na maternidade local e também no Hospital da Criança, em São Luis, e morreu na tarde de domingo. No IML deram como motivo da morte “causa desconhecida”.

Pode-se ver estampado no rosto da coordenadora de vacinação, Jaqueline Rios, o nervosismo ao tentar defender a segurança da vacina. Ela diz ter ido ao município “colher dados para o caso”. Eu diria que ela foi ao município para abafar o caso e se certificar de que nenhum médico ou legista iria dar como causa da morte a vacina H1N1.

Ela ainda tenta dizer que até agora nunca foi comprovado o óbito pela vacina. Mas claro, com toda esta máquina governamental para se certificar que os efeitos adversos resultantes em mortes , abortos e sequelas graves nunca terão ligação com a vacina. sempre poderão alegar que nunca existiu nenhum caso que prove que a vacina causou a morte. Nós já reportamos aqui que este não é o caso, que nos EUA, 66 mortes haviam sido reportadas até algumas semanas atrás.

O mais incrível foi que não consegui achar NENHUMA informação em nenhum jornal no Brasil. Se alguém encontrar, por favor, deixe um comentário.

A mãe diz não ter dúvidas que a morte do filho foi causada pela vacina, que foi só ele tomar a vacina que ele adoeceu.

Veja a reportagem do SBT no vídeo abaixo:

Fonte: anovaordemmundial.com
Fonte: sbt Maranhão
Fonte: http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/ms-nenhum-efeito-adverso-veja-verdade.html

X37B – “PGS – Prompt Global Strike (Ataque Global Imediato)”…

27/04/2010

Espaçonave secreta do pentágono pode levar novas armas com alcance global

Posted: 26 Apr 2010 05:25 PM PDT

A misteriosa espaçonave X37B foi lançada na órbita da terra na quinta passada ao espaço em meio a muito mistério, causando temores de um reinício uma corrida armamentista espacial e de que esteja levando consigo o novo míssil super-rápido chamado de “Prompt Global Strike” (PGS), ou “Ataque Global Imediato”, em tradução livre.

A nova nave é tão confidencial que o Pentágono não irá nem divulgar sua missão nem quanto foi o orçamento para construí-la. A nave parece como uma versão mini da Space Shuttle, nave americana utilizada para levar astronautas ao espaço.

O X37B pode ficar em órbita por até 270 dias, enquanto as missões da Space Shuttle duram no máximo 16 dias.Isto permitira aos EUA realizarem experimentos por longos períodos, incluindo o teste de novas armas de laser. De acordo com o jornal britânico Times Online, isto gerará acusações de que o lançamento do X37B, e de um segundo veículo espacial programado para ser lançado mais tarde neste ano, levarão a militarização do espaço.

PGS – Prompt Global Strike (Ataque Global Imediato)

O míssil super-rápido PGS, que ganhou apoio do digníssimo premio Nobel presidente Obama, pode atingir velocidade Mach 5, por volta de 5.793 quilômetros por hora. A nova arma pode ser lançada do ar, terra ou mar, e poderia atingir qualquer lugar no planeta em menos de uma hora.

O general Yuri Baluyevsky, vice-secretário do Conselho de Segurança Nacional russo, queixou-se que as concessões americanas nas negociações de redução de armas nucleares não foram por causa do amor a paz americano, mas porque “eles podem lhe matar usando armas convencionais de alta precisão”.

O general Kevin Chilton, comandante da força aérea americana de supervisão do programa PGS, disse ao The New York Times que as opções atuais do Pentágono não são rápidas o suficiente.

“Hoje podemos apresentar algumas opções convencionais para o presidente atacar um alvo em qualquer lugar do globo, que vão desde 96 horas até talvez quatro, cinco ou seis horas”, disse. “Se o presidente quiser agir mais rápido do que isso, a única coisa que temos que vai mais rápido é uma resposta nuclear.”

Os esforços de Obama para apaziguar Moscou e Pequim têm sido muito criticados. Dean Cheng, um especialista chines da conservadora Heritage Foundation, acusou o governo americano de “uma política estrategicamente incoerente, que é ostensivamente destinada a tranquilizar as outras nações, mas que mais provavelmente conduzirá a uma maior instabilidade e incerteza”.

Cheng acrescentou: “Este não é o caminho para um outro prêmio Nobel da paz.”

Fontes:
Times On-line: Hyperfast missile to hit anywhere in an hour

http://www.timesonline.co.uk/tol/news/world/us_and_americas/article7107179.ece

TImes On-Line: Launch of secret US space ship masks even more secret launch of new weapon

China Daily: US spacecraft sparks arms race concerns

http://www.chinadaily.com.cn/world/2010-04/24/content_9770149.htm

Fonte :

http://www.anovaordemmundial.com/2010/04/espaconave-secreta-do-pentagono-pode.html

Cama de Gato ? muito estranho !!!

01/04/2010

Vigiar e orar…..

Tema da nova novela da Globo – Cama de Gato

Pelo Avesso
Grupo Titãs

Vamos deixar que entrem
Que invadam o seu lar
Pedir que quebrem
Que acabem com seu bem-estar
Vamos pedir que quebrem
O que eu construi pra mim
Que joguem lixo
Que destruam o meu jardim
(essa parte já diz quase tudo. Opressão para os lares, etc…)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Vamos deixar que entrem
Que invadam o meu quintal
Que sujem a casa
E rasguem as roupas no varal
Vamos pedir que quebrem
Sua sala de jantar
Que quebrem os móveis
E queimem tudo o que restar
(Sujar a casa, rasgar as roupas. Ou seja: impedir nossa vida de santificação. Nem precisa saber muito, nem interpretar muita coisa. Isso é dito quase todos os dias nas igrejas)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro
(reparem que nessa parte é o proprio inimigo se referindo a eternidade sem Deus. O que foi imposto a ele, e quer o mesmo para nós)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
O mesmo desespero

Vamos deixar que entrem
Como uma interrogação
Até os inocentes
Aqui já não tem perdão
Vamos pedir que quebrem
Destruir qualquer certeza
Até o que é mesmo belo
Aqui já não tem beleza

Vamos deixar que entrem
E fiquem com o que vocêtem
Até o que é de todos
Já não é de ninguém
Pedir que quebrem
Mendigar pelas esquinas
Até o que é novo
Já esta em ruinas
Vamos deixar que entrem
Nada é como você pensa
Pedir que sentem
Aos que entraram sem licença
Pedir que quebrem
Que derrubem o meu muro
Atrás de tantas cercas
Quem é que pode estar seguro?
(Quebrar o muro… ou seja, dar brecha para o inimigo entrar nas nossas vidas. E quando diz: “Até o que é novo já está em ruinas.” Tudo se fez novo quando aceitamos a Jesus, e é essa nova vida que o inimigo quer destruir.)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
O mesmo desespero
(E a ênfase que ele dá no final é justamente a eternidade sem Deus, que é seu principal objetivo para nós.)

Muito cuidado com o que você deixa entrar na sua casa!

Introdução do Hino Nacional com letra ???

30/03/2010

Ana Arcanjo no vídeo:

Denuncia, lamenta, ensina e também questiona o porque da “introdução” do Hino Nacional Brasileiro, ser tirada e não mais ser cantada… Como ela mesma diz no vídeo : “está faltando civismo da população brasileira.”

Nascida em Santos SP, foi menbro da Cruz Vermelha durante a revolução Constitucionalista de 1932 e nos ensina algo mais do que a desconhecida introdução do Hino Nacional Brasileiro; Olha só que lição de civismo que dessa paulista da gema:

“Eu vou contar para vocês que o Hino Nacional Brasileiro, aquela parte que só é tocada, que dizem que é a introdução, o estribilho, tem uma letra.
Não fui eu quem a inventou. Aprendi quando criança, cantava no colégio todo dia. Que diz assim:

Espera o Brasil
Que todos cumprais
Com o vosso dever.
Eia avante, brasileiros,
Sempre avante!
Gravai o buril
Nos pátrios anais
Do vosso poder.
Eia avante, brasileiros,
Sempre avante!
Servi o Brasil
Sem esmorecer,
Com ânimo audaz
Cumpri o dever,
Na guerra e na paz,
À sombra da lei,
À brisa gentil
O lábaro erguei
Do belo Brasil.
Eia sus, oh sus!

Que quer dizer: Eia avante , eia avante.

Ouviram do Ypiranga as margens plácidas….

“…E continua o Hino Nacional Brasileiro, que infelizmente não é mais cantado. Quando cantam é só uma estrofe. Como tiraram a primeira, que dizem a introdução, tiraram já a segunda e daqui a pouca não temos mais Hino Nacional, já foi todo ele banido. É o que tenho para dizer pra vocês.

E outra coisa, quando diz “Gravai o buril”, buril é uma peça que se usa prá tirar as coisas erradas, numa, num, vamos dizer, num desenho, numa peça de louça, quando se está fazendo, para tirar as arestas. Isto é o buril.
O Eia Sus, é Eia Avante, Eia Avante, e o Lábaro eguei.
Qual é o labaro?
É a bandeira, gente!!!! Que nós não temos mais hasteada.
O Brasil não tem bandeira Brasileira, por que não a usa. E quando a usa, é mal colocada. Bandeira Brasileira na mesma altura das outras bandeiras, bandeira Brasileira de banda, não no meio como tem de ser. E quando são duas que tem que ser do lado direito de quem sai, não tem mais, acabou,gente!
Temos de ter um pouco de cuidado. Por que a nossa terra é grande e maravilhosa, mais está faltando civismo. Depois dizemos só tem bandidos nessa terra. Mas nós não ensinamos amar a terra como é devido.

Obrigada,viu.Quem puder conserte isso.”

Companheiros, depois de ouvir essas palavras, me senti desse tamanhinho, palavra!
E infelizmente, eu não posso consertar isso.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/comentarios/pac_01_all-10.shtml

Veja Também :

Pastores voadores…

16/03/2010

REVISTA CRISTIANISMO HOJE
Carlos Fernandes

Dizem que um homem pode ser medido pela grandiosidade dos seus sonhos. Se é mesmo assim, um seleto grupo de ministros do Evangelho anda sonhando alto – literalmente. Desde o ano passado, diversos pastores brasileiros andam cruzando os céus em aviões próprios, um luxo antes somente reservado a altos executivos, atletas milionários e sheiks do petróleo. A justificativa para as aquisições, algumas na faixa das dezenas de milhões de dólares, é quase sempre a mesma: a necessidade de maior autonomia e disponibilidade para realizar a obra de Deus, o que, no caso dos grandes líderes, demanda constantes deslocamentos pelo país e exterior a fim de dar conta de pregações e participações em palestras e eventos de todo tipo. Eles realmente estão voando alto.

O empresário e bispo Edir Macedo, dirigente da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd) tem feito a ponte aérea Brasil – Estados Unidos a bordo de um confortável Global Express, avaliado no mercado aeronáutico por US$ 50 milhões (cerca de R$ 85 milhões). Para comparar, o preço é semelhante ao do Rafale, o caça-bombardeiro francês que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sonha comprar para as Forças Armadas brasileiras. Equipado com sala de estar, dois banheiros, minibar e lavabo, além de um confortável sofá, o jato permite deslocamentos dos mais confortáveis até os EUA, onde Macedo mantém residência, e tem autonomia suficiente para levá-lo à Europa ou à África. O Global, adquirido em setembro numa troca por um modelo mais antigo, veio juntar-se à frota da Alliance Jet, empresa integrada ao grupo Universal e que já possuía um Falcon 2000 e um Citation X, juntos avaliados em 40 milhões de dólares.

Edir Macedo justifica o uso de aviões particulares dizendo que precisa levar a Palavra de Deus pelas nações onde a igreja atua, que já são mais de 120, e também para evitar transtornos aos passageiros dos aviões comerciais, pois sua pessoa costuma atrair muita atenção da mídia. Pode haver também outros motivos. Foi em voos particulares que a Polícia Federal descobriu, em 2005, que deputados e empresários ligados à Iurd transportavam dinheiro em espécie, no episódio que ficou conhecido como o caso das malas. Os valores, explicou a igreja na época, teriam sido arrecadados nos cultos e eram transportados dessa maneira por questão de segurança e praticidade até São Paulo e Rio de Janeiro, onde a denominação tem sua administração.

Já o missionário R.R.Soares, mais discreto, não fez alarde da aquisição do turboélice King Air 350, em novembro, fato noticiado pela revista Veja. Avaliado em cerca de R$ 9 milhões, a aeronave transporta oito passageiros. Como tem uma agenda das mais apertadas, Soares viaja praticamente toda semana pelos mais de mil templos que sua Igreja Internacional da Graça de Deus tem no país, além de realizar cruzadas, gravar programas diários para a TV e atender a compromissos da gravadora Graça Music e da Graça Editorial, que também controla. Ele realmente tem pensado alto: a igreja mantém ainda uma parceria com a empresa de aviação Ocean Air, através da qual um percentual sobre cada passagem comprada por um membro da Graça reverte para a denominação.

“Conquista” – O que chama a atenção no aeroclube dos pastores são as justificativas espirituais para a compra das aeronaves. Renê Terra Nova, apóstolo do Ministério Internacional da Restauração em Manaus (AM) e um dos grandes divulgadores do movimento G12 no Brasil, conta que o seu Falcon é fruto de profecias de grandes homens de Deus como o pastor e conferencista americano Mike Murdock. Em abril de 2009, durante um evento em que ambos estavam, Murdock incentivou uma campanha de doações a fim de que Terra Nova pudesse realizar seu “sonho”. Após chamar Terra Nova à frente, ele mesmo anunciou que ofertaria R$ 10 mil reais, atitude logo seguida por dezenas de pessoas. O avião foi comprado em julho. Dizendo-se “constrangido” com a atitude, Terra Nova admitiu que aquele era seu desejo e que se submetia ao que considerava a vontade de Deus. “O Senhor é testemunha que este avião não é para vaidade, mas para estimular outros ministérios a que também tenham aviões e, juntos, possamos voar para as nações da terra, pregando o evangelho de Jesus. Assim está estabelecido”, diz o líder em seu site.

“Conquista” e “resultado da fé” também foram as expressões usadas pelo pastor Samuel Câmara, da Assembleia de Deus de São José dos Campos (SP), para comemorar a compra de seu King Air C90, de quatro lugares. O religioso, que durante anos liderou a Assembleia de Deus em Belém (PA) – onde montou a Rede Boas Novas, conglomerado de rádio e TV que cobre vinte estados brasileiros –, se diz muito grato a Deus pela bênção, avaliada em R$ 8,5 milhões. Ele espera juntar-se a outros líderes para montar “uma esquadrilha de aviões para tocar o mundo todo”.

Mas a aquisição aérea que mais chamou a atenção, dentro e fora do meio evangélico, foi concretizada pelo famoso pastor e apresentador de TV Silas Malafaia, da Assembleia de Deus da Penha, no Rio. Possuir uma aeronave própria era um objetivo anunciado pelo líder já há algum tempo, inclusive em seu programa Vitória em Cristo, um dos campeões de audiência na telinha evangélica. Além dos insistentes pedidos por ofertas para manter-se no ar, Malafaia constantemente tocava no assunto avião em suas falas. O empurrão que faltava foi dado pelo pastor americano Morris Cerullo, outro profeta da prosperidade proprietário de um luxuoso Gulstream G4. Num dos programas, levado ao ar em agosto, Cerullo admoestou os telespectadores a desafiar a crise global e participar de uma campanha de doações ao colega brasileiro – um chamado “desafio profético”, no valor de 900 reais, estipulado graças a uma curiosa aritmética que associava a cifra ao ano de 2009.

Aparentemente surpreso, Silas Malafaia assentiu com o pedido. Não se sabe quanto foi arrecadado a partir dali, mas o fato é que em dezembro o pastor anunciou que o negócio foi fechado por cerca de US$ 12 milhões, cerca de 19 milhões de reais. Trata-se de um jato executivo modelo Cessna com pouco uso. Um “negócio espetacular”, na descrição do próprio. Bastante combatido pela maneira ostensiva com que pede ofertas para seu ministério, o pastor Malafaia, que dirige também a Editora Central Gospel, recorre à consagrada oratória para se defender: “Quem critica não faz nada. Você conhece alguma coisa que algum crítico construiu? Crítico é um recalcado com o sucesso da obra alheia.”

FONTE : http://www.genizahvirtual.com/2010/03/pastores-voadores.html

Ciência não sabe explicar clarões que acompanham grandes sismos…

08/03/2010

04/03/2010

RIO – Seis dias após o terremoto, uma cena fartamente documentada permanece sem explicação: os clarões que teriam surgido logo após os tremores. O mistério, na verdade, é antigo. O fenômeno, semelhante a uma tempestade elétrica, é figurinha carimbada em sismos de grande magnitude. Ainda assim, muitos cientistas descartam sua relação com o choque de placas tectônicas.

” Existem várias teorias, todas contestáveis “

– Existem várias teorias, todas contestáveis – ressalta Marcelo Assunção, professor de geofísica do Laboratório de Sismologia da USP. – Uma das explicações é que o movimento das placas tectônicas induz os minerais à formação de uma corrente elétrica, que, associada às condições atmosféricas locais, pode provocar raios. A explicação é semelhante a uma das teorias aventadas pelo site do US Geological Survey, órgão do governo americano que monitora terremotos: os clarões teriam gases formados pelo calor liberado por placas tectônicas. Outra possibilidade é que o gás radônio, produzido durante o sismo, se ioniza no ar, formando as tempestades elétricas.

” A água pode acelerar um sistema de tempestades que existia naquela região. Daí os clarões “

– No caso de um terremoto com epicentro no oceano, como ocorreu no Chile, a movimentação da água pode acelerar um sistema de tempestades que existia naquela região. Daí os clarões – cogita Osmar Pinto Junior, coordenador do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Para Osmar, se os raios forem realmente gerados pelo choque de placas, o monitoramento de terremotos pode ganhar um reforço no futuro. O desenvolvimento de um sensor que detectasse radiação flagraria as regiões onde a possibilidade de sismos fosse maior. – Mas a utilidade desse equipamento seria muito complexa – pondera. – Já é possível fazer algo semelhante com os vulcões, mas todos sabem onde eles ficam. A região de atrito das placas tectônicas é obviamente muito mais escondida. Ainda que os clarões sejam recorrentes nos terremotos de grande magnitude, muitos cientistas consideram que a relação entre esses fenômenos seja apenas uma coincidência. Sismólogo da Universidade de Brasília, João Willy Rosa acha que não valer a pena discutir teorias: – Já ouvi relatos sobre raios, mas não existe qualquer explicação científica.

Fonte: O Globo

———————————————————-

Perturbações elétricas ‘podem prever terremotos’, dizem cientistas
05 de junho, 2008

Cientistas da Nasa afirmaram que descobriram uma ligação entre perturbações elétricas nos limites da atmosfera terrestre, a ionosfera, e a ocorrência de terremotos – o que poderia levar ao aperfeiçoamento de um novo sistema de alarme contra terremotos.

O terremoto do dia 12 de maio na China matou dezenas de milhares de pessoas
Um destes sinais foi detectado dias antes do terremoto da China, em maio, que deixou 69 mil mortos e outros 18 mil desaparecidos.

A ionosfera se diferencia de outras camadas da atmosfera da Terra, pois, devido à exposição à radiação solar, é carregada eletricamente.

Em um número significativo de ocasiões os satélites captaram perturbações nesta camada, entre 100 e 600 quilômetros acima de áreas onde vieram a ocorrer terremotos depois.

“Acredito que seremos capazes de estabelecer uma correlação clara entre terremotos e certos sinais antes de sua ocorrência, de uma forma equilibrada”, afirmou Minoru Freund, físico e diretor de materiais aeroespaciais avançados no Centro de Pesquisa Ames da Nasa, na Califórnia.

“Temos boas informações científicas, estou otimista e cauteloso, e estamos projetando uma série de experiências para verificar nossas informações”, acrescentou.

Outros terremotos

Um estudo analisou mais de 100 terremotos com magnitudes de 5 graus ou mais em Taiwan, durante várias décadas.

Os pesquisadores descobriram que quase todos os terremotos que ocorriam a uma profundidade de cerca de 35 quilômetros eram precedidos de uma perturbação elétrica diferente na ionosfera.

A análise foi feita por Jann-Yeng Liu, do Centro de Pesquisas Espaciais em Chung-Li, Taiwan.

Os detalhes completos ainda não foram divulgados mas a BBC compreende que os cientistas também observaram um sinal “enorme” na ionosfera antes do terremoto de magnitude 7,8, que atingiu a China no dia 12 de maio.

Teoria

Minoru Freund e seu pai, Friedemann Freund (que também trabalha no Centro de Pesquisa Ames da Nasa) desenvolveram uma teoria para estes precursores de terremotos.

A idéia é de que quando as rochas são comprimidas, como ocorre quando placas tectônicas se movem, elas agem como baterias, produzindo correntes elétricas.

Sistema de alerta com satélites poderia captar os ‘sinais’ de um terremoto
Segundo esta teoria, esta carga elétrica, formada por um tipo específico de elétrons, capaz de percorrer grandes distâncias em experiências em laboratórios.

Quando esta carga viaja para a superfície da Terra, a superfície fica carregada com cargas elétricas positivas, que são fortes o bastante para afetar a ionosfera, causando as alterações que podem ser captadas por satélites.

A equipe da Nasa está trabalhando com uma equipe britânica para investigar a possibilidade de criação de um sistema de alerta de terremotos com o uso de satélites.

Stuart Eves, diretor de desenvolvimento de negócios da Surrey Satellite Technology Limited, a companhia que participa da iniciativa, afirmou que o que não se sabe “é a magnitude do efeito e o quanto dura antes do terremoto”.

Mais pesquisas

O geofísico Mike Blanpied, do Estado de Virgínia, Estados Unidos, afirmou que as experiências com as rochas foram feitas em laboratórios.

Mas, nas profundidades da crosta terrestre as condições são outras, principalmente de pressão e temperatura.

Minoru Freund concorda que é necessário mais trabalho para melhorar a pesquisa. Mas já afirmou que está trabalhando em uma proposta para um sistema de alerta baseado no uso de, pelo menos, três satélites.

fonte: BBC

fimdostempos.net