Cama de Gato ? muito estranho !!!


Vigiar e orar…..

Tema da nova novela da Globo – Cama de Gato

Pelo Avesso
Grupo Titãs

Vamos deixar que entrem
Que invadam o seu lar
Pedir que quebrem
Que acabem com seu bem-estar
Vamos pedir que quebrem
O que eu construi pra mim
Que joguem lixo
Que destruam o meu jardim
(essa parte já diz quase tudo. Opressão para os lares, etc…)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Vamos deixar que entrem
Que invadam o meu quintal
Que sujem a casa
E rasguem as roupas no varal
Vamos pedir que quebrem
Sua sala de jantar
Que quebrem os móveis
E queimem tudo o que restar
(Sujar a casa, rasgar as roupas. Ou seja: impedir nossa vida de santificação. Nem precisa saber muito, nem interpretar muita coisa. Isso é dito quase todos os dias nas igrejas)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro
(reparem que nessa parte é o proprio inimigo se referindo a eternidade sem Deus. O que foi imposto a ele, e quer o mesmo para nós)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
O mesmo desespero

Vamos deixar que entrem
Como uma interrogação
Até os inocentes
Aqui já não tem perdão
Vamos pedir que quebrem
Destruir qualquer certeza
Até o que é mesmo belo
Aqui já não tem beleza

Vamos deixar que entrem
E fiquem com o que vocêtem
Até o que é de todos
Já não é de ninguém
Pedir que quebrem
Mendigar pelas esquinas
Até o que é novo
Já esta em ruinas
Vamos deixar que entrem
Nada é como você pensa
Pedir que sentem
Aos que entraram sem licença
Pedir que quebrem
Que derrubem o meu muro
Atrás de tantas cercas
Quem é que pode estar seguro?
(Quebrar o muro… ou seja, dar brecha para o inimigo entrar nas nossas vidas. E quando diz: “Até o que é novo já está em ruinas.” Tudo se fez novo quando aceitamos a Jesus, e é essa nova vida que o inimigo quer destruir.)

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Eu quero o mesmo inferno
A mesma cela de prisão – a falta de futuro
O mesmo desespero
(E a ênfase que ele dá no final é justamente a eternidade sem Deus, que é seu principal objetivo para nós.)

Muito cuidado com o que você deixa entrar na sua casa!

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: