Cristãos são vistos como demônios no filme “ Legião”


Cristãos são vistos como demônios no filme “ Legião”
Publicado em fevereiro 22, 2010 por apocalipsetotal
Resumo do filme: Após um terrível acontecimento apocalíptico, um grupo de desconhecidos ficam presos em uma lanchonete e descobrem que uma jovem garçonete está grávida do messias.

Logo de início, o filme usa o seguinte versículo Bíblico : “ Vinde, filhos, e escutai-me; eu vos ensinarei o temor do SENHOR”. ( Salmo 34:11)

Esse versículo foi usado estrategicamente para falar do reinado cristo cósmico na terra (AP 17:8) , pois quando somamos o número temos: (3+4+1+1=9) . Mais uma vez os ocultistas querem faturar um pouco usando o número do prometido e ocultando o seu nome, mas não deixam de obedecer as leis de Baha’’u’llah em seu Kitáb-i-aqdas (AP 10:10) sobre o número 9 que diz:

K-29.” Dize: Este é aquele conhecimento oculto que jamais há de mudar, pois inicia-se com o nove, o símbolo que representa o Nome oculto e manifesto, inviolável e inacessivelmente excelso…”

Os momentos que antecedem a chegada do poder espiritual de Baha’u’llah para reformar a terra são precedidos de uma total decadência social, política, religiosa e econômica. Para ilustrar esse acontecimento, o filme conta com dois policiais que estão fazendo ronda e um deles comenta que a terra precisa de um novo começo (o famoso falso paraíso na terra).

Nesse momento aparece o suposto anjo Miguel (em forma humana) saindo de uma loja de armas. Ele é abordado pelos policiais e um deles supostamente incorpora um espírito que anuncia a morte de Miguel e o prometido.

Esse guarda representa o primeiro cristão que tenta se opor a nova ordem mundial, pois ele não quer esse falso messias reine.

Quando acontecer a manifestação espiritual de Baha’u’llah (que dará poder ao anticristo), os cristãos serão vistos como loucos, demônios e pessoas más. É por isso que o autor enfatiza várias vezes isso no filme. Steve Jackson, autor do jogo illuminati, ilustrou bem o perfil do cristão verdadeiro na nova ordem mundial nessa carta.

Em uma outra cena os sobreviventes que estão na lanchonete perguntam com quem eles estão lutando o suposto Gabriel diz que são Anjos. O autor do filme fez questão de enfatizar que as pessoas que lutam contra o governo desse messias falso não são demônios.

A maior parte do filme acontece na lanchonete Paradise falls (A queda do Paraíso). É nesse local que está a jovem garçonete Charlie, grávida de um bebe (o prometido) que salvará o planeta da decadência, mas ela nem sabe quem é o pai da criança. A garçonete tem um relacionamento com um rapaz que a ama, mesmo estando gravida de de outro.

Dentro da lanchonete existe uma televisão que depois de algumas pancadas fica sintonizada no canal 3 com a mensagem: “Isto não é um teste”. E de fato não é! O número 3 representa o poder central da esfera de Bahá (ver o banner principal do blog) na proporção (1-1-1). Cada um representa respectivamente o Anticristo e a besta de dois chifres, ou seja, nesse filme o protetor do prometido (Miguel) representa o primeiro chifre da Besta. É da esfera central de Bahá (uma representação do “deus” estrela renfã) que sairá os poderes unificadores de Baha’u’llah.

Em outra cena temos o Anjos Gabriel e Miguel discutindo sobre o futuro da humanidade. E assim, temos a tríade da esfera de bahá formada no filme, sendo que: a criança é o Anticristo (1) e os anjos a besta de dois chifres (1-1).

A união desses falsos anjos fica clara quando se vê o número da viatura policial dirigido por Miguel que é 1127, somando os números temos 11. O onze representa ao mesmo tempo:

1) O Anticristo, seus nove mestres eleitos, a besta do abismo;

2) A besta de dois chifres na proporção da esfera central de bahá (1-1).

3) O onze também lembra o dia do atentado ao WTC. Nesse dia foi inaugurada a nova ordem illuminati, mas o que poucas pessoas sabem é que nesse mesmo dia a cúpula do santuário do Báb ( profeta que antecede e anuncia o reinado de Baha’u’llah) foi colocada na cidade de Haifa, inaugurando também a Ordem Mundial de Baha’u’llah.

Em outra cena do filme uma vovó que chega na lanchonete acha muito estranho o nome da garçonete – Charlie, pois esse nome não é comum para mulheres. Ela pede um bife mal passado que fica cheio de moscas e diz para a garçonete que seu filho queimará no inferno.

A vovó representa os cristãos que estão descobrindo quem é o anticristo. A palavra Charlie lembra o nome do Príncipe Charles, pai de dos Príncipes Wiiliam e Harry que são candidatos ao cargo de executivo mundial de Baha’u’llah. É por isso que ela questiona o nome da garçonete.

A mãe (Charlie) é uma alusão a princesa Daina e o rapaz que vive com ela é uma alusão ao príncipe Charles, pois como sabemos a princesa Daina morreu ao lado do seu amante em um túnel.

E como não podia ser diferente, a vovó e considerada um demônio e acaba sendo morta por tentar revelar o segredo . Mesmo depois de matarem a vovó, ela é totalmente ofendida com palavras baixas nesse filme.

Para humilhar mais ainda os cristãos a garçonete serve um prato com um pedaço de carne mal passada para a vovó que logo fica cheio de moscas . Isso representa a importância de ser vegetariano na nova ordem mundial.

Como sabemos, moscas estão ligadas diretamente ao demônio Belzebu ( o senhor das moscas). No passado o Senhor Jesus também foi chamado de Belzebu e claro que os cristãos verdadeiros também serão vistos dessa forma por estarem comendo carne e não concordarem com o reinado do anticristo.

“Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao pai de família, quanto mais aos seus domésticos?” (Mateus 10 : 25)

As moscas aparecem em várias cenas do filme representando os cristãos que atrapalham o estabelecimento da nova ordem mundial.

Em outra parte aparece a palavra Fresh ( fresco) que lembra peixe fresco. Isso é uma alusão criada pela nova era para devorar os cristãos deixados para trás.

O filme continua por um bom tempo com várias cenas em que os zumbis cristãos tentam acabar com o império do prometido, mas o Anjo Miguel não permite que isso aconteça.

Outra cena importante é a da cruz invertida. O marido de uma das sobreviventes da lanchonete é amarrado nela, mas quando ela chega perto o corpo explode, liberando uma substância ácida. Essa cena é fundamental para anular o sacrifício de Jesus na cruz.

E por fim, o amor pelo cristo cósmico une os corações quando a criança nasce ( o anticristo) . A garçonete que rejeitou o filho passa a amá-lo. Em uma cena anterior, Miguel diz que é movido pelo amor de estabelecer uma nova ordem para os humanos. E mesmo após uma briga entre Miguel e Gabriel pela vida do prometido os dois se unem em nome do amor global.E ssa cena final nos diz que acontecerá algumas divergências entre a besta de dois chifres, mas o amor de Baha’’ulah unificará esses corações.

Quando a criança nasce Miguel informa que ele precisará ser treinado. Esse é o perfil do líder moral aguardado pela ONU. Ele deve aprender de forma gradual e oculta para subir ao poder.

Para que a mensagem subliminar penetre na mente das pessoas, o filme termina com a mesma frase do inicio dizendo que DEUS se cansou de toda essa besteira. Essa frase faz com que as pessoas pensem que assistiram um filme comum e também ajuda a criar uma oposição ao verdadeiro cristianismo. Essa oposição ao cristianismo aparece na criação de milícias durante o filme que vão combater os zumbis cristãos por não aceitarem a chegada do falso messias.

Arquivado em: Filmes da Nova era

Fonte :

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: